Ao Brasil

Meio Atrasado, dou meus parabéns a nossa independência!

As marges do ipiranga,
um grito declamou-se,
da independecia ou morte
de portugal,
o Brasil emancipou-se

Do povo alegre e contente que aqui vive,
A alegria da nossa pátria revive,
Do peito esplêndido,
do nosso rincão,
Brasil...

Oh,  pais que me acolheste,
Que um apelo a tí fizeste,
Que perdoa os imperdoáveis,
Aclama e acalma,
Os merecedores.....

Ó Brasil, Terra de todos nós,
Que do amor de vós tivestes,
Que muitos já dissestes,
ó meu belo país...
Recanto de paz,
Belo Brasil...

Ao Brasil essa Poesia,
Escrevo Aqui com enumera alegria,
Parabéns por tua independência,
 meu BRASIL!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogo de politica

Doses de poesia

Palavra Solta - preciso de palavra sem voz