Olhos traidores

Tenho saudades, e como tenho saudades.
Foi bom te ver e ouvir, estar sem estar com você,
Conversar como se estivesse ao seu lado,
Mas sentia no fundo que faltava algo.

Mesmo não tendo na física sua presença,
Na alma ela me era plena.
Você cantou,
A Saudade atacou.

Chorei,
Coisa rara, eu chorei.
E você percebeu.
Olhos delatores,
Olhos traidores.

Mesmo chorando, isso foi bom.
Mesmo fazendo algo que me é antinatural,
Faria denovo, não vejo mal.
Lagrimas de bem querer, de felicidade,
Por saber que você é de verdade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogo de politica

Doses de poesia

Palavra Solta - preciso de palavra sem voz