O Sol vai surgir

Palavras do autor

Já faz bastante tempo desde que publiquei pela última vez no Turma de Escritores,  olha que teve quem me cobrasse. Uma coisa que ouvi bastante esses tempos foi "Quando vai postar no Turma de novo?'', isso de Rebeca, dos meus pais, dos membros que saíram, e dos que entraram nesse período que estive sem postar.

Durante esse meu período fora, recrutei alguns escritores novos, trouxe de volta alguns velhos, e tomei decisões importantes sobre o blog nesse tempo. Mas, claro que não deixei de escrever. Nos próximos dias, semamas e meses, vão chegar aqui neste blog novos textos meus, e se possível, algumas novidades do blog também.

Sei que já disse isso aos leitores outras vezes, mas tenham fé no que vou dizer: O Turma de Escritores voltou!

E não menos importante, EU voltei.

Fiquem com a minha última poesia, de acordo com o horário que estou postando isso, ela tem menos de 24h de vida ainda.

Poesia

O Sol vai surgir


Que falta me faz a graça do verde.
A sombra clara, o vento lento,
a paz de descansar aos pés de uma raiz.

O canto de pássaros nos ninhos,
O farfalhar das folhas
É, esse era um tempo feliz.

Mas agora, é frio.
As árvores são secas,
o vento é forte e pesado.
Não tem mais sombra, não tem mais sol.
É só o céu fechado.

Mas, vai passar.
Eu sei que vai.
Mesmo nesse escuro, eu sei!

O sol vai voltar.
E seu fechar os olhos...
Se eu me concentrar...
Ainda posso sentir o calor,
ainda posso ver a luz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogo de politica

Doses de poesia

Palavra Solta - preciso de palavra sem voz