Respeito

Nessa imensidão, 
Há espaço pra todos nós, 
Temos que ouvir a voz, 
Da cor, da religião, 
E da prefencia sexual
Porque há só um canal, 
Para as chegadas e partidas, 
E esse, se chama vida... 
E pra ela, tudo é igual.

Rebeca Lima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogo de politica

Doses de poesia

Palavra Solta - preciso de palavra sem voz