olhares

Esses olhos encarnados falsamente tachados de chapados são frutos de um semáforo que nunca sai do vermelho corpo desgraçado inimigo do espelho falsifico o bom humor e aqui no meu interior sentimentos tipo elevador só quero relevar a dor

O conselho que ela me dá é pra não se importar bem, todos se importam por um instante nem que seja milésimos de segundo o ataque é profundo nervos, coração tudo fica tenso no meu mundo te daria um beijo te contaria no ouvido meus desejos
além do anseio por teus seios e acariciar seus cabelos
daria tudo pra não perceber que todos riem de mim quando sento com você

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogo de politica

Doses de poesia

Palavra Solta - preciso de palavra sem voz